TENHA UMA RECUPERAÇÃO ADEQUADA APÓS PEDALAR

Para quem busca performance no pedal, a rotina de treinos costuma ser bastante exigente e exaustiva. Como consequência, a musculatura está constantemente fadigada, o que faz com que o rendimento nos treinos seja prejudicado e o risco de lesão aumente em razão do desgaste excessivo. ⚠
Assim, é importante que o corpo tenha uma regeneração adequada entre uma sessão e outra, o que o fará assimilar os ganhos do condicionamento e se preparar para o novo estímulo. Para isso, vale lançar mão de algumas técnicas que ajudam a acelerar a recuperação, conforme sugere a fisioterapeuta Renata Ortiz de Assis Fazzani, que é ciclista e sócia-diretora da clínica Life Fisio, de São Paulo. 👇🚴‍♂

PERNITOS E CALÇAS DE COMPRESSÃO
Utilizar pernitos e calças de compressão depois do treino ajuda a reduzir a fadiga e a recuperar a musculatura das pernas. O efeito compressivo aumenta a circulação, facilitando o retorno do sangue e contribuindo para que o corpo se livre mais rápido do ácido láctico (resíduo metabólico) produzido pelo organismo por conta do exercício intenso.

CRIOTERAPIA (GELO)
O efeito vasoconstritivo do gelo faz com que os resíduos metabólicos acumulados na corrente sanguínea sejam removidos de forma mais rápida — ação similar à da compressão. Isso pode ser feito por meio de massagem com gelo (de 6 a 15 minutos) ou imersão dos membros inferiores em um tambor ou banheira com gelo e água, com temperatura entre 5°C e 10°C (de 5 a 15 minutos) — a imersão deve ser feita com orientação de um profissional, pois a técnica errada pode causar lesões no tecido, entre outros problemas.

ALONGAMENTO
Importante para prevenir lesões, o alongamento também pode ser usado para recuperação muscular, desde que feito de maneira leve e contínua. Isso significa não forçar demais para não correr risco de lesão e respeitar um tempo mínimo — de 20 a 30 segundos — para que o alongamento seja efetivo. Dessa forma, alongar após uma competição ou treino forte faz com que a circulação local aumente, canalizando mais oxigênio e nutrientes para a musculatura.

MASSAGEM ESPORTIVA
Muito utilizada entre ciclistas, a massagem esportiva ajuda a relaxar e irrigar a musculatura após a prova ou treino. Estimula a drenagem
dos resíduos metabólicos produzidos durante o exercício, diminuindo o efeito inflamatório, além de liberar pontos de tensão muscular.

BOTA PNEUMÁTICA
É bastante usada em clínicas de fisioterapia. Envolve os membros inferiores do atleta enquanto ele está deitado ou sentado e, quando cheia de ar, provoca um efeito compressivo de forma intermitente e progressiva dos pés até a coxa, acelerando a drenagem dos resíduos metabólicos após a atividade física.

Conteúdo publicado na revista VO2 Bike, edição 107, janeiro/fevereiro de 2015
Por Daniel Balsa

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top